Analise de Apostas Esportivas - Estatisticas da Copa do Mundo de 2014

Para quem gosta de fazer apostas esportivas online, as estatísticas tem um grande significado, já que nos ajudam a ter um entendimento do desempenho dos jogadores e equipes através dos números.

Essa Copa do Mundo foi surpreendente em muitos sentidos e teve uma primeira fase que superou a média de gols das últimas Copas, com 2,83 gols por partida.

Analisando a Copa inteira, tivemos 64 partidas jogadas com média de gols de 2.7 por jogo. Se compararmos com a Copa de 2010 na Áfirca do Sul, quando a Espanha se sagrou campeã pela primeira vez, a média de gols foi de 2.3. Isso só aconteceu porque na fase de mata-mata a média de gols despencou consideravelmente devido a vários jogos que terminaram em 0 a 0 e foram pra prorrogação e pênaltis. São chances que você deve aproveitar e aposte agora. A seleção alemã teve o melhor ataque do torneio, com 18 gols marcados. Desses, 15 foram o gol de jogadas criadas coletivamente e 3 foram de bola parada. Média de 2,57 gols por jogo. A Alemanha sofreu apenas 4 gols na Copa do Mundo, sendo 2 no empate com Gana na primeira fase, um contra o Brasil e um contra a Argélia pelas oitavas-de-final.

A seleção brasileira, apesar do vexame sofrido pelas derrotas frente à Alemanha por 7 a 1 e Holanda por 3 a 0 ficou em quarto lugar no torneio e jogou sete partidas. Com isso, o time de Luis felipe Scolari foi o time que mais chutou a gol no torneio, com 111 tentativas de marcar, porém isso também reflete a ineficácia e você pode aproveitar disso em sites de apostas como o br.sportingbet.com. A equipe de Felipão marcou 11 gols, teve 28 chutes bloqueados, 33 salvos pelo goleiro e 39 fora do alvo. Foram 11 gols marcados, 4 por Neymar, e 14 sofridos, sendo um deles contra. Saldo de gols negativo em 3 gols.

A melhor defesa da competição foi dos Estados Unidos, considerando as os dados que mostram 4 gols sofridos em 67 tentativas contra sua meta, 27 defesas, sendo 16 no jogo contra a Bélgica (empate em 2 a 2, um recorde de defesa de um goleiro em Copas feito por Tim Howard), 21 cortes e 19 bloqueios em chutes a gol.

No quesito técnico, também notou-se uma diferença no número de passes dados pelos times. Em 2010, a média foi de 353 por jogo cada time, enquanto esse ano chegou à 396. Isso pode ser explicado pela mudança de estilo que o futebol sofreu nos últimos anos. O time da Espanha foi campeão da Euro 2008 e 2012, além da Copa de 2010. O Barcelona ganhou tudo nesse período e muita gente faturou em sites como o http://www.bet365.com/pt/. Seu técnico, o ex-meia Pepe Guardiola foi um dos maiores difusores do estilo tiki-taka, que consiste na troca de passes e manter a posse de bola o maior tempo possível até criar oportunidades de gol.

Com isso, times como o Bayern de Munique passaram a adotar essa estratégia e começaram a trabalhar mais a bola ao invés de jogar no contra-ataque ou de arriscar chutes de fora da área. Na final da Champions League 2012/2013, tivemos uma final alemã entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund, vencida pelos Bávaros. Após isso, Guardiola foi para o Bayern e implementou o estilo utilizado no Barcelona também no clube alemão. Mudou tambpem a experiência de assistir futebol ao vivo gratis nesses websites de apostas esportivas. Essa mudança de estilo veio acompanhada com uma série de críticas por parte de torcedores e da imprensa que consideraram que a novidade deixava o jogo chato de ser assistido.

A verdade é que isso foi refletido na seleção alemã que conquistou a Copa no Brasil, inclusive vencendo os donos da casa por 7 a 1, e se sagrando campeões na final contra a Argentina com um gol de Mario Gotze na prorrogação. Os jogadores de meio campo assimilaram a filosofia de manter a posse de bola e trocar passes com qualidade, porém junto a isso, implementaram força e velocidade, fazendo o jogo da Alemanha uma versão atualizada do jogo da Espanha de 2010. O time da Alemanha já contava com um futebol que impressionava em 2010, mas o time tinha relativamente pouca experiência. Agora, com Lahm, Shweisteiger e outros muito mais maduros, os alemães conseguiram ser muito mais competitivos.

A Alemanha deu ao todo 4157 passes, sendo 1017 passes curtos, 2763 de média distância e 377 lançamentos completados. Um aproveitamento excelente de 82% das ações de passe.

Os juízes acabaram contribuindo para o espetáculo, aumentando o prazer de assistir jogos ao vivo. Com maior tempo de acréscimo e com um jogo mais corrido, onde havia poucas interrupções e maior tempo de bola rolando, o tempo médio jogado por partida foi de 57,6 minutos contra os 54 minutos da Copa anterior.

Também houve uma diferença positiva no número de cartões distribuídos pelos árbitros. A média de cartões por jogo em 2014 foi de 0,2 cartões vermelhos e 2,8 amarelos. Em 2010, os números foram 0,3 e 3,8, respectivamente.

O artilheiro do torneio foi James Rodrigues da Colômbia com 6 gols e 17 finalizações em 5 jogos.

Quem mais correu foi Thomas Muller da Alemanha com 83957 metros em 7 jogos disputados. Foi também quem mais perdeu bolas, 72.

O jogador que mais acertou passes foi Phillipp Lahm. 562 passes feitos corretamente com 86,3% de aproveitamento.

O atacante Van Persie da Holanda foi quem ficou mais vezes impedido, em 12 oportunidades.

 

Oscar foi que mais fez desarmes durante a Copa do Mundo com 30 roubadas de bola, enquanto Neymar foi quem foi mais desarmado, 35 vezes.

Leave Your Feedback

A chance de unir o util ao agradavel.


 

Happy Clients

Cadastre-se, aposte e lucre.

O que mais me impressiona no site e que quando quero sacar meus creditos, ha uma variedade enorme de opcoes pra resgatar o dinheiro, todas de maneira muito rapida e segura. Isso da mais tranquilidade pra gente fazer as apostas.
By
Geovani Entoca
Proprietario de Restaurante

Happy Clients

Varias vezes eu deixava de assistir um campeonato porque nao me interessava ou meu time nao estava participando. Depois que comecei a apostar online, muitas vezes me peguei comemorando gol de outros times como se fosse o meu.
By
Julio Cesar Laureano
Engenheiro Civil