A historia por tras da rivalidade de Tevez e Messi

Os dois principais ícones do time de Tata Martino são vistos de forma bem diferente pelos torcedores em sua terra natal. Faça apostas Betboo nos jogos dos craques. Após um período em que Messi era o único destaque, as coisas voltaram a se complicar com a volta de Tevez.

A Copa América de 2011 foi um divisor de águas para a seleção Argentina. Após afundarem em solo argentino, Sergio Batista saiu do posto de treinador e, após uma ligação rápida, Alejandro Sabella entrava em cena... porém com uma condição: ele teria que se encontrar com Javier Mascherano o mais rápido possível. Sabella perguntou ao volante se ele poderia deixar de ser o capitão para dar a braçadeira à Lionel Messi, um pedido que foi aceito imediatamente. Aposte no www.apostasnosesportes.com. Sabella decidiu também que os dias de Carlitos com a camisa albiceleste estariam contados.

Enquanto um foi colocado em um papel de destaque para liderar o grupo, o outro foi deixado de lado. Foi um momento chave em uma relação que já era distante. Intencionalmente ou não, essa decisão ajudou a jogar lenha na fogueira e aumentar ainda mais a rivalidade entre os próprios torcedores argentinos que confrontavam opiniões contrárias. A discussão tomou conta dos lares e das mesas de bar no país. Conheça o https://br.sportingbet.com/esportes-futebol/0-102.html. Uns preferiam Tevez com seu espírito guerreiro, outros diziam que Messi poderia carregar o time nas costas.

Tevez e Messi têm vidas semelhantes, mas cada um tem sua própria maneira de viver. Talvez o mais importante é que eles são percebidos e analisados de forma muito diferente. Pra começar as comparações, ambos, é claro, são argentinos, mesmo se eles diferem na forma como expressam o amor pela pátria. Tevez saltou para a fama em sua terra natal, vindo do gueto, das ruas de uma favela de Buenos Aires chamada Fuerte Apache. Sua quebrada fica em Ejército de Los Andes, mas ele nasceu em Ciudadela, na província de Buenos Aires. Como um ídolo do Boca Juniors, ele mesmo disse uma vez que era melhor estar com seu amado clube do que com a seleção nacional - não exatamente o que você esperaria de alguém que é considerado como um verdadeiro herói moderno da Argentina.
Messi, por outro lado, nunca jogou em nenhum clube de futebol argentino. Devido a problemas em seu crescimento, o Barcelona ofereceu um tratamento para o garoto, na época com 12 anos. Hoje ele é um ídolo em Barcelona, ​​mas, apesar das tentativas desde quando era criança de que ele se naturalizasse espanhol para que pudesse jogar pela Espanha, ele sempre preferiu defender o seu país de nascimento.
Tevez conquistou títulos em quase todos os seus clubes, embora em cada um deles sempre houvesse problemas com empresários ou companheiros de equipe. Messi ganhou tudo o possível em Barcelona, ​​não costuma encontrar-se no centro dos conflitos, apesar de seu caráter sério significar que ele não está livre de perder a paciência, como qualquer ser humano normal.

Eles são mais semelhantes ainda em outro ponto: os dois, assim como os melhores atletas do esporte mundial, são obcecados pela vitória.
Mas em uma equipe nacional onde a amizade entre os jogadores tem sido fundamental, Tevez nunca conseguiu se tornar parte do círculo formado por Messi, Mascherano, Ezequiel Lavezzi, Sergio Aguero, Pablo Zabaleta e mais um ou dois outros. A relação nunca foi ótima, mas nunca foi terrível.
As coisas chegaram a um ponto, porém, há quatro anos. Com a Copa América acontecendo no seu próprio país, e com um sorteio favorável, esperava-se que a Argentina pudesse acabar com a espera de 19 anos sem um grande título.

Depois de empates com Bolívia e Colômbia em seus dois primeiros jogos, Tevez foi para a reserva para o confronto final do grupo contra a Costa Rica, com apostas no aposta ao vivo. A vitória por 3-0 foi apenas o suficiente para o segundo lugar, enquanto o Uruguai esperava em Santa Fe. No banco de novo, a enorme popularidade de Tevez foi exposta quando o locutor do estádio apresentou o camisa 11 como "el jugador del pueblo" – o jogador do povo. A multidão foi à loucura, pois ali enxergavam um verdadeiro representante do povo argentino vestindo a camisa da seleção nacional.

Tevez saiu do banco antes do tempo extra de prorrogação, mas não conseguiu evitar uma disputa de pênaltis. Messi, esperou o que pareceu uma eternidade e, com uma calma fora do comum, converteu o primeiro pênalti, em jogo do http://www.assistiraovivojogo.com/outrosesportes.html. Tevez perdeu a única penalidade da noite. A partir daí, começaram os questionamentos. "Por que?", perguntavam-se os torcedores, "Por que é que ele joga tão bem para o Barcelona, ​​mas não para nós? Pelo menos Tevez corre atrás da bola em cada lance. Com ele não tem lance perdido".

 

 

Essa tem sido a narrativa por anos. Como as duas figuras-chave do plantel, o público argentino acabou escolhendo um lados e a maioria apoiava Carlitos.

Leave Your Feedback

A chance de unir o util ao agradavel.


 

Happy Clients

Cadastre-se, aposte e lucre.

O que mais me impressiona no site e que quando quero sacar meus creditos, ha uma variedade enorme de opcoes pra resgatar o dinheiro, todas de maneira muito rapida e segura. Isso da mais tranquilidade pra gente fazer as apostas.
By
Geovani Entoca
Proprietario de Restaurante

Happy Clients

Varias vezes eu deixava de assistir um campeonato porque nao me interessava ou meu time nao estava participando. Depois que comecei a apostar online, muitas vezes me peguei comemorando gol de outros times como se fosse o meu.
By
Julio Cesar Laureano
Engenheiro Civil